Mapa do Site
Dailymotion
YouTube
Sobre o site
Arquivo criado e organizado por
Aladim Miguel
Todas as fotos contidas neste site são para fins de divulgação.
Dúvidas e esclarecimentos

Geraldo Casé

LUCÉLIA, CHISPAR CONSTANTE DOS SANTOS TALENTOS”.

“Num corredor da TV Globo passou por mim uma menininha elétrica, sorrindo faíscas. Borjalo me disse depois que ela seria a protagonista de uma nova novela a”Escrava Isaura”. Quase como um estigma o personagem passou a ser a própria Lucélia. Logo depois ela transformou-se em “Sinhá Moça” e vi que Lucélia foi conseguindo criar outros ícones sempre permanecendo e preservando a talentosa Lucélia. Não era uma atriz de um só personagem, era múltipla! O seu brilhantismo profissional sublinhado pela sensibilidade, generosidade e afetividade é próprio de um ser humano notável.

Segui sua trajetória e, feito um levantamento de seus desempenhos, pode-se constatar a diversificação e as múltiplas facetas de suas interpretações. Tive a alegria e o prazer de trabalhar e conviver com Lucélia.

Durante diferentes ocasiões, todas singulares, divertidas e enriquecedoras, a relação profissional estreitou cada vez mais os laços de uma amizade terna e fraternal.

Quando dirigi e produzi o especial “O Inspetor Geral”, formei um elenco impar. A adaptação do clássico de Gogol feita por Bernardo Carvalho numa concepção do Doc Comparato foi um dos primeiros passos de uma linha que mais tarde marcou as vanguardistas séries como o caso do “TV Pirata”.

O heterogêneo cast e contava Carlos Vereza, Armando Bogus, Gracindo Junior, Patrícia Travassos, Paulo Silvino, José Vasconcelos, Suely Franco, Paulo Silvino, Francisco Milani, Stela Freitas, Hélio Ary, Maurício do Valle, Clóvis Bornay, Pedro Paulo Rangel, Roberto Faissal, Flávio São Thiago, Pedro Farah, Augusto Olímpio, Lina do Carmo, Noemir Gerbelle e como minha convidada especial Lucélia para desempenhar o difícil papel da empregada do Governador Bogus.

O tom over, propositalmente escolhido, imprimiu um novo formato nas famosas “Quartas Nobres” produzidas pelo núcleo do saudoso Paulo Afonso Grisolli. Os exaustivos ensaios e gravações não tiravam o seu ânimo. Porém era uma missão complicada, pois Lucélia na época, estava amamentando sua cria, e cumpria sua missão de mãe extremada, entre os intervalos da gravação demonstrando um profissionalismo admirável. Até hoje me emociono com a lembrança de seu extraordinário desempenho e a integração e criação. Jamais a vi esmorecer e demonstrara fadiga com as cansativas regravações. São inesquecíveis as cenas com Paulo Silvino, Augusto Olímpio e Armando Bogus!

Guardo os bons momentos que desfrutamos quando eu era Diretor Artístico da Divisão Internacional da TV Globo e ela nos ajudou perambulando pelo mundo como “Isaura” transformando-se numa verdadeira embaixadora do Brasil. Lucélia é um ídolo que conquistou as platéias desde a China até aos mais longínquos confins deste mundo de meu Deus!

Ela é a principal responsável pela conquista de importantes mercados internacionais pela TV Globo. Entregou-se com dedicação, entusiasmo e competência a árdua incumbência de ser atriz-emissária de nossas produções”.

Lucélia Santos tem a virtude dos seres cuja luz e talento se mesclam a sortilégios maravilhosos só encontrados em mulheres excepcionais.

Geraldo Casé (1928 – 2008)
Diretor

Por e-mail (03/03/2006)

GeraldoCase002

Copyright © Arquivo Lucelia Santos - 2004/2014
Web Designer: João Rocha