Mapa do Site
Dailymotion
YouTube
Instagram
Novidades

“Lucélia Santos – Coragem Para Lutar”, obra escrita pelo jornalista Eduardo Meirelles, nos conta a trajetória política de uma consagrada atriz brasileira.

A atriz LUCÉLIA SANTOS recebeu o Prêmio Gustav Ritter 2018 em comemoração ao DIA MUNDIAL DO TEATRO.

A atriz LUCÉLIA SANTOS está de volta a teledramaturgia brasileira. Vem ai a Série “SALVE-SE QUEM PUDER”.  A série de comédia escrita por Júlio Kadetti 

Sobre o site
Arquivo criado e organizado por
Aladim Miguel.
Todas as fotos contidas neste site são para fins de divulgação.
Dúvidas e esclarecimentos
Trabalhos recentes

SINOPSE: A peça conta, pela primeira vez, a história de resistência do movimento seringueiro do Acre a partir do olhar feminino de Valdiza Alencar, seringueira do Vale do Acre;

SINOPSE: Paula é uma executiva bem sucedida que vive socialmente reclusa devido a uma grave fobia ao toque humano. Sua metódica rotina de isolamento se vê abalada à medida que traumas do passado ressurgem de modo inesperado.

Série Original e Exclusiva da Plataforma Orelo – Podcasts de Suspense em 10 Episódios. SINOPSE: Baseado na história verídica dos “Crimes do Arvoredo”, a trama narra os atos praticados pelo primeiro serial killer do mundo,

Depoimentos

Quais lembranças você guarda de seu primeiro trabalho com a atriz Lucélia Santos na novela “Água Viva” (1980)? um clássico na carreira de ambas.

Quais lembranças você guarda de ter estreado no cinema, como Danilo “Biela”, no filme “O Sonho Não Acabou” (Estreia também do Sérgio Rezende em 1982) onde contracenou com a Lucélia Santos?

Quais lembranças você guarda da sua estreia na TV na pele da doce Juliana, já atuando com a atriz Lucélia Santos e fazendo um triângulo amoroso com os personagens dela e do Raymundo de Souza (Rafael – Dimas) na novela “Sinhá Moça” (TV Globo – 1986)

Copyright © Arquivo Lucelia Santos - 2004/2020
Web Designer: João Rocha