Mapa do Site
Dailymotion
YouTube
Sobre o site
Arquivo criado e organizado por
Aladim Miguel
Todas as fotos contidas neste site são para fins de divulgação.
Dúvidas e esclarecimentos

Ciranda Cirandinha

Sinopse:

O seriado mensal traçava um painel do comportamento juvenil do final da década de 1970. A trama se inicia quando quatro jovens bastante diferentes decidem dividir um pequeno apartamento. Tatiana, Hélio, um músico, Susana, uma Psicóloga e Professora de Comunição e Expressão e Reinaldo, um programador de computadores. O seriado mostra os conflitos, sonhos e dificuldades de relacionamentos vividos por estes quatro jovens.

Ideia Original: Paulo Mendes Campos
Equipe de Criação: Antônio Carlos Fontoura, Daniel Filho, Domingos de Oliveira, Euclydes Marinho e Lenita Plonczynski.
Produtor Artístico: Sérgio Dionísio
Coordenadores de Produção: Maria Carmem Barbosa e Almeida Santos
Produtor Executivo: Anthony Ferreira
Cenografia: Mário Monteiro
Figurinos: Marília Carneiro e Elizabeth Filipecki
Maquiagem: Paulo Carias
Produção Musical: Guto Graça Mello e Geraldo Vespar
Sonoplasta: Roberto Rosemberg e Adilson dos Santos.
Abertura: Hans Donner, Sérgio Liuzzi, Caio César Cruz e Cosme Oliveira
Assistente de Direção: Graça Motta
Direção Geral: Daniel Filho.

Elenco:

Lucélia Santos
Fábio Júnior
Denise Bandeira
Jorge Fernando
Tatiana
Hélio
Susana
Reinaldo

Perfil da Personagem: Tatiana

Garota de 23 anos. Muito inteligente, deixou a casa dos pais para ter uma relação melhor com eles á distância. Trabalha como garçonete em um restaurante especializado em comidas naturais, é bailarina, dá aulas de balé para crianças e seu sonho é ser coreógrafa. É o cérebro do grupo.

Curiosidades:

“Ciranda Cirandinha” nasceu de um “Caso Especial” exibido na Globo em 07/10/77 com Lauro Corona, Louise Cardoso, Fábio Júnior, Betina Viany e Anselmo Vasconcelos.

O seriado marcou a estréia dos atores Jorge Fernando e Denise Bandeira na TV.

Lucélia tem um carinho especial por este trabalho, pois o considera um dos mais bem elaborados que já fez para TV, visto que, toda semana o elenco se reunia na casa do diretor, e grande mentor do projeto, Daniel Filho para conversar, cantar e tocar violão. Assim se conseguia uma intimidade e um total entrosamento entre todos.

A idéia de transformá-lo em seriado foi de Boni, vice-presidente das Organizações Globo na época.

Foi o primeiro seriado brasileiro e também o primeiro dedicado aos jovens.

O apartamento em que se gravava o seriado era no bairro do Leblon (RJ).

A Censura Federal da época só liberou seis episódios com alguns cortes. O seriado abordava temas polêmicos para a época como drogas e amor livre. Daniel Filho e Euclydes Marinho viajaram até Brasília para conseguir liberar o episódio piloto que havia sido proibido.

A TV Globo começava a usar Swat, um equipamento portátil americano que permitia filmagens mais ágeis e em lugares pequenos.

Prêmio da Associação de Críticos de Arte de São Paulo (1979).

Prêmio Estácio de Sá – Governo do Estado do Rio de Janeiro (1979).

Foram usadas muitas músicas de cantores que marcaram os anos 70 como Bob Dylan e Joe Cocker.

 Na última cena do episódio “Toma Que o Filho é Teu”, Fábio Júnior cantou pela primeira vez a música “Pai”.

Reapresentado nos Festivais 20 (1985) e 25 Anos (1990) da Rede Globo.

Exibição:

Estreou em 26 de Abril de 1978 às 20:55m no projeto “Quarta Nobre”.

Produção:

Rede Globo de Televisão.

VEJA AQUI: COMENTÁRIO INÉDITO DE LUCÉLIA SANTOS

VEJA AQUI O GUIA DE EPISÓDIOS DO SERIADO

Lucélia Santos como Tatiana
Lucélia Santos como Tatiana
« 1 de 10 »

Copyright © Arquivo Lucelia Santos - 2004/2014
Web Designer: João Rocha