Mapa do Site
Dailymotion
YouTube
Sobre o site
Arquivo criado e organizado por
Aladim Miguel
Todas as fotos contidas neste site são para fins de divulgação.
Dúvidas e esclarecimentos

A Serpente

Lígia e Guida, duas irmãs que vivem na mesma casa com seus respectivos maridos, em quartos separados por uma única parede. Uma das irmãs, Lígia, permanece virgem. Insatisfeita, ela quer desfazer o casamento e pensa em se matar. Para impedir o suicídio da irmã, Guida lhe oferece Paulo, o próprio marido por uma noite.

Baseado Na Obra Original de: Nelson Rodrigues
Direção e Roteiro: Jura Capela
Produção: Elaine Soares Azevedo
Direção de Fotografia: Pablo Baião
Direção de Arte: Karen Araujo / Pedro Von Tiesenhausen
Figurino: Alex Brollo
Maquiagem: Alex de Farias
Montagem: Rodrigo Lima
Trilha Original: Fábio Trummer / Pupillo Oliveira
Som Direto: Uerlem Queiroz
Edição de Som e Mixagem: Damião Lopes
Finalização: Link Digital
Realização e Produtora: Jura Filmes
Co-Produção: Oceano Cinematográfico / Canal Brasil
Duração: 73 minutos

Elenco:

Lucélia Santos
Matheus Nachtergaele
Silvio Restiffe
Cellia Nascimento
Ligia / Guida
Paulo
Décio
Dora

CURIOSIDADES:

Escrita em 1978 por Nelson Rodrigues (1912-1980), “A Serpente” foi a 17ª e última peça teatral do escritor.

Este filme marca a volta da atriz Lucélia Santos ao cinema, ela que ficou consagrada como a mais perfeita intérprete das personagens de Nelson Rodrigues, por ele mesmo, retorna ao universo do autor, desta vez no papel duplo das duas irmãs: Lígia e Guida.

Em uma entrevista de 1978, ano de lançamento de “A Serpente”, Nelson Rodrigues explicou a imprensa o porque do título de sua nova peça.

“Porque a serpente é um símbolo paradisíaco. É um símbolo muito rico. Pode-se dizer que a peça são fatos e visões da minha vida, completados por minha imaginação. Completados pelos artistas. Como já disse, o pacto de morte e o suicídio acompanham-me desde a infância e como é está  idéia básica da “Serpente”. Sinto “A Serpente” como senti minhas outras peças. É uma peça violenta com todas as que fiz. Não que tivesse preocupado de fazer coisas chocantes. A vida em si é chocante, o homem é chocante.”

Pré Estreia na Mostra Première Brasil Novos Rumos (Longa Metragem) em 12 de Outubro de 2016 no 18º Festival do Rio de Cinema.

Participações em Festivais:
XX Festival de Cinema Luso-brasileiro de Santa Maria da Feira – Portugal
24º Festival de Cinema de Vitória  (12 de Setembro 2017)
50º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro  (16 de Setembro  2017)

Cartaz do filme
Cartaz do filme
« 1 de 19 »

Copyright © Arquivo Lucelia Santos - 2004/2014
Web Designer: João Rocha